quinta-feira, 28 de maio de 2009

A IMPORTANCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO NA 3° IDADE

Os temas mais discutidos ultimamente pela sociedade é o envelhecimento, o exercício físico e uma alimentação balanceada. Contudo também sabemos que a tudo isto estão ligadas, a doença crônico degenerativa, a osteoporose, que atinge principalmente as mulheres de 50 a 80 anos e também a perda de 30% de massa muscular nas pessoas de mesma idade.
O exercício físico, portanto, é a melhor forma de se estimular o aumento das massas óssea e muscular, aumento de força e resistência, perda de gordura, aumento da mobilidade e proteção articular, e tudo isto é mais eficientes nos idosos.
Um tipo de exercício físico recomendado, para todos os benefícios citados acima, é a musculação que além de tudo previne e combate certas doenças como artrose, osteoporose, diabetes, hipertensão, doenças coronarianas, obesidade, ansiedade e depressão.
Estudos mostraram que homens e mulheres com 87 anos experimentaram um aumento de força de 90% ao fim de 10 semanas de treino de resistência. Para as mulheres, existe uma vantagem a mais: a musculação aumenta a densidade óssea naquelas que estão na menopausa, ajudando a prevenir fraturas dos ossos. (Fonte on line: www.maisde50.com.br, Agosto 2001).
O treinamento com aparelhos para exercícios com peso, tem se mostrado a mais eficiente e segura forma de condicionamento físico para idosos, pois as cargas utilizadas são controladas e adaptadas de acordo com cada indivíduo.
A caminhada também é muito importante, principalmente aos idosos que não podem fazer atividade mais "pesada". De acordo com o fisiologista Turíbio Leite de Barros, da Unifesp, andar é aconselhável para estimular a fixação de cálcio nos ossos, prevenindo a osteoporose. (Revista Saúde, Julho 2001).
Conclui-se então que os idosos podem e devem fazer algum tipo de exercício físico, principalmente porque a probabilidade de surgirem muitas doenças cai significativamente. Vale ressaltar que antes de começar uma atividade deve se consultar um médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário